Parada LGBT deve reunir cerca de 80 mil pessoas nas ruas do Centro de Manaus

De Tiago Melo

Manaus – Cerca de 80 mil pessoas devem comparecer à 16ª Parada do Orgulho de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LGBT), que ocorre neste domingo (06), pelas ruas do Centro de Manaus. De acordo com a presidente da parada, Bruna La Close, o evento é gratuito e aberto ao público. “A concentração começa às 15h na Rua José Paranaguá, ao lado da Praça Heliodoro Balbi. Sairemos de lá às 17h, em direção à Floriano Peixoto, 7 de Setembro, Eduardo Ribeiro e paramos na José Clemente”, explicou a organizadora.

A parada, que será apresentada, este ano, por Bruna Lamask e Jerson Neto, tem como tema ‘Democracia e Cidadania: Todos têm direito’. “Somente este ano, mais de 20 homosexuais foram mortos, em Manaus. Isso apenas os que tivemos notícia. Por isso, focaremos na questão da violência e da homofobia na nossa marcha. Também pediremos pela humanização na área da saúde e reinvidicaremos mais segurança para a população em geral. Um alerta contra a intolerância religiosa não faltará, também. Bem como uma apelo às autoridades por mais justiça contra crimes de homofobia”, concluiu La Close.

No local de chegada, segundo La Close, será montado um palco principal e uma tenda eletrônica, ambos com diversas atrações musicais, além da apresentação da madrinha da parada, a coordenadora estadual de DST/Aids Silvana Lima, e de  uma passarela para o desfile de representantes do movimento LGBT.

“O palco principal contará com shows de Jucynha Kero-Kero, banda Impacto, Os Calypseiros e o DJ Gabriel Medeiros. Na tenda eletrônica quem comanda é a DJ Naty Veiga”, adiantou a presidente.

Ainda conforme La Close, a marcha terá direito a um trio elétrico com a DJ oficial da parada, Rhana Evans. “Outra convidada que marca presença nesta edição é Marcia Pantera, a precursora do estilo ‘bate-cabelo’ no Brasil.

Como de costume, durante a parada haverá a distribuição de panfletos e material educacional para a prevenção e orientação dos participantes. “A Defensoria Pública do Estado, a Secretaria da Mulher, o Corpo de Bombeiros, Samu e a PM estarão somando no nosso evento”, garantiu ela, ressaltando que 30 mil preservativos serão doados na hora.