Projeto teatral ‘Kombi Soufflé’ ocupa espaços públicos, em Manaus

Manaus – Depois de uma circulação por municípios de Rondônia e algumas apresentações em Manaus e Novo Airão, o espetáculo de rua ‘Dragão de Macaparana’ volta à capital amazonense para uma série de apresentações em praças e parques da cidade. A novidade é que, dessa vez, a trupe viaja a bordo de carro, com o projeto ‘Kombi Soufflé’, realizado pela companhia Soufflé de Bodó.

Inspirada na literatura de cordel, a peça ‘Dragão de Macaparana’ mostra a fuga de uma trupe de teatro e sua chegada à cidade de Macaparana, dominada pelo ex-cangaceiro João Babal. Ele é pai de 21 filhas, sendo que a única solteira é Tetinha. O dono da trupe, Valdinho, apaixona-se pela moça, que sonha em ir embora para ser artista. Junto com o seu fiel escudeiro Tontico, ela e os artistas armam uma confusão para concretizar o plano.

A montagem tem texto de Fabiano Barros e elenco formado por Junior Aires, Ruan Viana, Francis Madson, Denis Carvalho e Cairo Vasconcelos.

Segundo o diretor e ator Francis Madson, a proposta é ocupar os espaços públicos da cidade, um direito de todo cidadão. “Realizar uma circulação pelas praças de Manaus é colaborar com as ações de grupos, artistas e performers da cidade na compreensão da praça como lugar do acesso às artes”, afirma.

A primeira apresentação já acontece neste domingo (5), às 10h, no Parque do Mindu. A programação segue com apresentações, sempre às 19h, nos seguintes locais: Praça da Bandeira Branca (dia 7), Praça da Saudade (8), Parque Jefferson Péres (9), Parque dos Bilhares (10), Ponta Negra (11), Largo São Sebastião (12), Praça do Cigs (13), Praça da Vitória (14) e Parque Lagoa do Japiim (16).