Amazonas é o penúltimo do País em ranking proporcional de filiados a partidos políticos

Manaus -O Amazonas é o penúltimo Estado do País no ranking de pessoas filiadas a algum partido político, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em comparação proporcional com a população estimada de 2015, de acordo com informações do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Somente 5,7% da população do Amazonas são filiadas em algum partido. O Estado fica à frente apenas de Alagoas (AL), que tem 5,3% de pessoas filiadas.

Em números reais, o Amazonas está na 19ª posição no ranking nacional de filiações, com 225.537 filiados, em comparação com os demais 27 Estados da Federação, segundo estatística do TSE. O Estado de São Paulo (SP) é o que possui o maior número de filiados, com 3.170.467, em segundo está Minas Gerais (MG), com 1.749.004 pessoas filiadas e, em terceiro o Rio Grande do Sul (RS), com 1.398.284 filiados.

Os Estados que possuem o menor número real de pessoas filiadas em partidos políticos são: Roraima (RR), com 54.768; o Acre (AC), com 72.658; o Amapá (AP), com 88.947; Rondônia (RO), com 166.949; Sergipe (SE), com 175.519; Alagoas (AL), com 179.176; o Distrito Federal (DF), com 183.274; e o Tocantins (TO), com 198.590.
Segundo o IBGE, o Amazonas ocupa a 10ª posição entre os Estados com a maior população, com 3.938.336 habitantes.

Com essas informações é feito um comparativo entre o número de filiados e a população. Assim, é possível estabelecer o ranking do percentual de filiações proporcional ao número de habitantes de cada Estado.

Os Estados com o menor percentual de filiados em relação a sua população são Alagoas (AL), em último, com 5,3% de filiados em relação à população, que é de 3.340.932. O penúltimo é o Amazonas, com 5,7%. O antepenúltimo é o Ceará, com 6% de sua população de 8.904.459 habitantes filiados em algum partido.

O Tocantins (TO) é o Estado com o maior percentual de filiados no País. Lá, 13,1% da população, que é de 1.515.126 habitantes, estão filiados a algum partido, o equivalente a 198.590 pessoas. Em segundo está o Estado de Santa Catarina (SC), com 12,7%. Santa Catarina possui 869.507 pessoas filiadas a algum partido e uma população de 6.819.190 habitantes. O Rio Grande do Sul (RS) é o terceiro com o maior percentual de filiados, com 12,4% da população. O Rio Grande do Sul possui 1.398.284 filiados e uma população de 11.247.972 habitantes.

Para o professor de Direito Eleitoral e analista judiciário do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), Leland Barroso, o baixo índice de filiações partidárias no Amazonas se deve a vários fatores.

“Eu sei que no Amazonas a participação na vida partidária é mínima. Penso que são vários os fatores, desde a desilusão com a política, a desconfiança nos políticos, a descrença no sistema e nos poderes, a falta de espaço nos partidos políticos, e mesmo o desconhecimento das funções dos partidos políticos. Talvez, também, a desesperança, de achar que as coisas não têm jeito, que não mudam e sempre vai ser assim”, avaliou.