Amazonino e Rebecca lideram patrimônio na vaga para governo

Amazonino possui R$ 3,42 milhões e Rebecca, R$ 3,41 milhões. Já Omar informou R$ 1,55 milhão e David, R$ 582 mil. O menor valor é de Maria Auxiliadora, com R$ 60 mil

Álisson Castro com Estadão Conteúdo / redacao@diarioam.com.br

Brasília – Amazonino Mendes (PDT) é o candidato mais rico a disputar o cargo de governador na eleição de outubro deste ano com bens declarados de R$ 3,426 milhões, segundo informações declaradas pelo candidato ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Nos últimos 14 meses, dos quais 11 comandou o Estado, Amazonino aumentou o patrimônio em R$ 153 mil. Entre os vice-governadores, a candidata na chapa de Amazonino, ex-deputada federal Rebecca Garcia (PP), é a mais rica, com patrimônio de R$ 3,413 milhões.

Candidatos declararam patrimônio ao TSE, que disponibilizou os dados no site. (Foto: Reprodução)

Segundo dados informados ao TSE, o maior patrimônio de Amazonino é classificado como outros créditos e poupança vinculados que totalizam R$ 800 mil. O governador declarou, ainda, ser proprietário de um terreno no valor de R$ 300 mil. Chama atenção um depósito bancário em conta-corrente no País, no valor de R$ 1.

No caso da candidata a vice-governadora Rebecca Garcia (PP), as participações societárias totalizam R$ 1,217 milhão e um terreno de R$ 915 mil.

O candidato a governador da coligação ‘Amazonas com segurança’, Omar Aziz (PSD), declarou bens totais de R$ 1,559 milhão, sendo o bem de maior valor um terreno de R$ 670 mil. Candidato a vice-governador na coligação do senador Omar, Arthur Bisneto (PSDB) declarou possuir bens que totalizam R$ 708 mil.

O candidato a governador mais ‘modesto’, segundo o TSE, é Wilson Lima (PSC) que declarou bem de R$ 55 mil sendo R$ 50 mil em forma de participação societária. Em seguida, aparece Berg da UGT (PSOL) que declarou possuir apenas um veículo no valor de R$ 65 mil e Sidney Cabral (PSTU) com patrimônio de R$ 163 mil.

David Almeida (PSB) declarou bens no valor total de R$ 582 mil, sendo a maior parte em forma de uma casa e um apartamento que totalizam, juntos, R$ 522 mil.

O mais ‘modesto’ entre os vice-governadores é a candidata do PSTU, Maria Auxiliadora, com patrimônio total de R$ 60 mil. E seguida aparece a candidata a vice-governadora Ilzanete Campos (PSTU), com patrimônio de R$ 90 mil.

Entre os candidatos a deputado estadual, o patrimônio de Nejmi Aziz (PSD) soma R$ 30,32 milhões. Metade desse montante a candidata declarou possuir em um plano de previdência privada do tipo Vida Gerador de Benefício Livre (VGBL), no valor de R$ 15 milhões. O segundo maior valor da candidata é referente a um empréstimo de R$7,9 milhões.