Berg da UGT destaca educação de jovens para combater criminalidade e gerar empregos

O candidato ao Governo do Amazonas pelo PSOL foi o segundo entrevistado na série do DEZ NA TV, nesta sexta-feira

Asafe Augusto

Manaus – Destacando propostas para educação e saúde, o candidato ao Governo do Amazonas, Berg da UGT (PSOL), da coligação de mesmo nome do partido, foi o segundo entrevistado da série do ‘DEZ NA TV’, que foi ao ar nesta sexta-feira (17), na TV DIÁRIO RECORD NEWS MANAUS, canal 36.1 na TV aberta.

O candidato disse que vai combater a falta de segurança com educação para, segundo ele, fortalecer o policiamento na fronteira e acabar com o narcotráfico. “Fiscalizar fronteiras e aparelhar as polícias para evitar que o narcotráfico tome conta do estado. Se fizermos ações preventivas vamos combater a criminalidade”, disse.

O candidato ao Governo do Amazonas, Berg da UGT (PSOL) (Foto: Raquel Miranda)

De acordo com o candidato, se for eleito, o governo vai colocar os jovens na sala de aula para sair da criminalidade, pois, de acordo com ele, a falta de emprego leva as pessoas a entrar no crime, e isso deve ser combatido pelo Estado.

Sobre economia e geração de emprego, Berg da UGT, disse que vai municiar os jovens com cursos técnicos no ensino médio preparando-os para o mercado de trabalho.

“A empregabilidade se dá qualificando as pessoas. Vamos voltar a brigar por legislações que dêem segurança as pessoas no mercado de trabalho. O nosso plano de governo visa investir, além na qualificação, em crédito para as pessoas desenvolverem os microempreendedores. Seria um melhor acesso ao crédito que não está chegando pela Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam)”, afirmou.

Sobre saúde, o candidato ao governo afirmou que tem um plano em conjunto com os senadores da república para melhorar essa área no Amazonas, principalmente, no interior do Estado. Segundo ele, uma das metas é a construção de dois hospitais de alta complexidade, sendo um em Manacapuru e outro em Itacoatiara, para atender as pessoas dos municípios e suas proximidades.

“A capital ficaria desafogada, além disso, temos um projeto para Manaus. Vamos fazer na zona Oeste um hospital. Vamos fazer concurso público para atender as demandas dos hospitais, para diminuir contratos com as empresas terceirizadas”, comentou, ao destacar que os impostos no Estado são altos e, por isso, os serviços devem ser de melhor qualidade.

Na educação, o candidato afirmou que para aproximar os jovens e melhorar o ensino é necessário aproximar a sociedade das escolas. “Vamos propor uma gestão dinâmica nas escolas, com a interação dos pais e responsáveis dos alunos. Vamos fazer uma aplicação direta dos recursos do Fundeb. Para isso, criaremos um portal da transparência com mais simplicidade, detalhado”, explicou.

Para ele, o povo deve fiscalizar onde os recursos do estado estão sendo gastos. “Eu sempre tive a humildade de voltar atrás se estiver errando. Não podemos continuar nos erros”, comentou.

Berg da UGT foi o segundo entrevistado na série do DEZ NA TV, nesta sexta-feira (Foto: Raquel Miranda)

O candidato também falou sobre mudanças no cenário política. “O momento é de mudanças. Tem políticos que tem mais de 30 anos de carreira e diz que só vai fazer a partir do dia primeiro de janeiro de 2019. Não podemos mais esperar. Quero fazer as pessoas do interior ter dignidade oxigenando o Estado, e ter uma Capital melhor para se viver. Combatendo as corrupções com fiscalização. Não é difícil administrar, e não faremos isso sozinho”, concluindo candidato, ao ressaltar que vai buscar o voto dos eleitores desacreditados.

A próxima entrevista está programada para segunda-feira (20), com o candidato Sidney Cabral (PSTU), da coligação de mesmo nome do partido. Na terça-feira, será entrevistado o candidato David Almeida (PSB), da coligação ‘Renova Amazonas’ e, na quarta-feira, o candidato Amazonino Mendes (PDT), da coligação ‘Eu Voto no Amazonas’.

A série para o programa DEZ NA TV também vai entrevistar, no próximo dia 23, o candidato Omar Aziz (PSD), da coligação ‘Amazonas com Segurança’. Já candidata Lúcia Antony (PCdoB), da coligação ‘O Povo Feliz de Novo’, cujo registro foi feito ontem, nos últimos minutos para o prazo determinado pela legislação eleitoral, também será convidada a participar do programa.

Assista à entrevista (a partir dos 12 minutos):

Posted by D24am on Friday, August 17, 2018