David Almeida diz que está preparado para assumir novamente o Governo do AM

O candidato foi entrevistado, nesta terça-feira, na série do DEZ NA TV, e apresentou suas propostas aos eleitores. Almeida foi governador interino, por quatro meses, no ano passado

Asafe Augusto

Manaus – O deputado David Almeida (PSB), candidato ao Governo do Amazonas pela coligação ‘Renova Amazonas’, destacou propostas para geração de empregos, melhoria da segurança e educação, durante entrevista na série do DEZ NA TV, da TV DIÁRIO RECORD NEWS MANAUS, canal 36.1 da TV aberta, nesta terça-feira (21). Ele foi o quarto candidato que teve a oportunidade de apresentar propostas aos eleitores, através da REDE DIÁRIO DE COMUNICAÇÃO (RDC).

David Almeida, que, em 2017, foi governador interino por quatro meses, afirmou estar preparado para assumir o Estado novamente, desta vez, pelo voto popular. “Me sinto preparado para assumir o cargo de governador. Ano passado estive à frente do governo por 144 dias. Vivíamos a maior crise do Brasil. Assumi o governo com 688 milhões de déficit, entregamos o Estado com 456 milhões em caixa”, ponderou.

O candidato ao Governo do Amazonas, David Almeida (Foto: Sandro Pereira)

O candidato afirmou que, quando foi governador interino, realizou a maior promoção da Polícia Militar, segundo ele, pagou o escalonamento dos servidores da segurança, além de comprar munições e armamento, e incentivar os policiais.

“Me sinto preparado para discutir o Estado. O Amazonas é um Estado rico e temos serviços suficientes para ser desenvolvido”, disse, ao destacar que, na opinião dele, o governo não pode ser fatiado e ter nas secretarias pessoas sem qualificação. “Vamos priorizar o conhecimento e a meritocracia para o estado”, comentou.

Para a geração de emprego e renda, o parlamentar afirmou que vai implantar, no segundo dia de governo, um programa que atenda as necessidades da população e trabalhar para tornar a Distrito Industrial um porto seguro para investidores e investimentos.

“Temos que vender melhor o nosso Distrito Industrial, como porto seguro da indústria. Para gerar emprego e renda é necessário ficar em infraestrutura e logística no Amazonas. Vamos usar a força política para asfaltar o trecho do meio da BR-319. O transporte sairá de 12 dias para 2 dias”, ponderou.

Ele destacou que pretende indicar pessoas que estão saindo da faculdade para trabalhar nas secretarias, com um contrato de primeiro emprego, com duração de um ano. “Vamos dotar o Amazonas de empreendimento. Os pequenos empreendedores geram emprego e renda”, comentou o deputado.

David Almeida afirmou que segurança pública não se faz apenas com polícia. “Temos que passar a investir em qualificação profissional, emprego e renda”, disse. Ele destacou que vai combater a violência com investimentos em esporte, cultura e lazer para os jovens, além de firmar parcerias com igrejas católicas e evangélicas.

“É preciso fazer segurança com esporte, lazer e cultura. Segurança se faz com mais polícia, investimento em tecnologia e inteligência, para diminuir os índices de criminalidade. O crime organizado tem um plano para os jovens e o governo não tem. Precisamos mudar isso, o estado precisa de um gestor que trabalhe a segurança pública com as igrejas evangélicas e católicas”, explicou.

De acordo com ele, o Estado gasta milhões com passagens aéreas e uma das propostas é pegar as milhagens dessas passagens para investir nas viagens de esportistas e para pessoas que precisam de tratamento fora de domicílio. “Vamos vencer a violência com muito esporte. Temos um grande potencial de Jiu-Jitsu muito forte. Vamos fazer os jovens trabalhar com esporte. Vou transformar o Amazonas em um estado esportista. Quero colocar um time de vôlei do Amazonas na liga A, e colocar um time de futebol na série B, ou até mesmo na A. Vou lutar para isso”, afirmou.

Conforme o candidato, o Estado investe milhões na saúde, mas ‘fatura errado’. “Quando fui governador, resolvi um problema que estava agravado por mais de dez anos. No Hospital Delphina Aziz abri vários leitos e o atual governo fechou. Naquele hospital só funciona 10% do seu potencial”, disse.

Também na saúde ele afirmou que encontrou o Estado com problema de abastecimento de medicamentos e com milhares de pessoas na fila. “Zeramos diversos procedimentos, e tiramos pessoas que aguardavam nas filas”, concluiu.

A próxima entrevista está programada para quarta-feira (22), com o candidato Amazonino Mendes (PDT), da coligação ‘Eu Voto no Amazonas’. A série para o programa ‘DEZ NA TV’ também vai entrevistar, no próximo dia 23, o candidato Omar Aziz (PSD), da coligação ‘Amazonas com Segurança’. A candidata Lúcia Antony (PCdoB), da coligação ‘O Povo Feliz de Novo’, cujo registro foi feito, nos últimos minutos para o prazo determinado pela legislação eleitoral, também será convidada a participar do programa.

Assista à entrevista (a partir dos 10 minutos):

Confira o Dez na TV desta terça-feira com Jackson Nascimento e Juliano Couto. #d24am

Posted by D24am on Tuesday, August 21, 2018