Em Manaus, 60% das menções sobre Lula no Facebook foram negativas durante ação da PF

Manaus – O depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na última sexta-feira (4), durante a execução da 24ª fase da Operação Lava Jato, gerou mais de 4.200 manifestações na internet, em Manaus, segundo dados da empresa amazonense de marketing digital NeoTrends. Destas manifestações, 1.548, feitas através do Facebook, foram analisadas pela empresa, que verificou que 63% faziam referência negativa ao ex-presidente, contra 19% positivos e 18% neutros.

Segundo a empresa, as análises dos comentários sobre o assunto foram feitas entre os dias 4 e 6 de março. O assunto relacionado ao ex-presidente foi o mais comentado nas redes sociais durante o período. Entre os comentários, 69% foram feitos por homens e 31% por mulheres.

Os termos mais citados nos comentários sobre Lula foram: “Lula 2018”; “Cadeia”; “Ladrão” e “Corja”, segundo o levantamento.

Dentre os comentários analisados como negativos, a NeoTrends ‘rankeou’ os políticos citados. Lula apareceu em primeiro lugar, com 70%. Em segundo, está a presidente Dilma Rouseff com 17%, seguida de Aécio Neves, com 3% nas citações.

Entre os termos citados a respeito dos políticos ‘rankeados’, estão: “Indignação”; “Lava Jato”; “Corrupção e “Má gestão”.

O levantamento da NeoTrends também gerou um gráfico dos partidos políticos citados durante as análises. O mais comentado foi o Partido dos Trabalhadores (PT), com 69%. O Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) apareceu em segundo, com 17%. Em terceiro, o Partido Comunista do Brasil (PCdoB) com 13% seguido do Partido Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), com 2%. O último partido foi o Partido Socialismo e Liberdade (PSol), com apenas 1%.

Monitoramento

O diretor da empresa, Arnaldo Rocha, informou que o levantamento foi feito através de uma ferramenta de monitoramento, chamada “Buzzmonitor”. Segundo ele, a ferramenta capta dados referentes a um determinado assunto, em redes sociais.

“Já fazíamos levantamentos de assuntos de empresas privadas. Na política, foi feito um levantamento sobre os debates na TV e essa é a segunda vez que trabalhamos o assunto”, disse Arnaldo.

Segundo o diretor, a ferramenta faz uma “análise de sentimentos” nos comentários do assunto selecionado. Ele indica se os comentários são positivos, negativos ou neutros além de fornecer uma nuvem de palavras. Isso permitiu a NeoTrends ver os políticos, partidos e as menções sobre o assunto, de acordo com o diretor da empresa.

Para o futuro, Arnaldo comentou que a NeoTrend pretende continuar fazendo levantamentos nesse tipo, com assuntos diferentes. “Estamos com algumas ideias em mente. Pretendemos analisar assuntos de interesse da cidade, como o trânsito e a mobilidade urbana para que os políticos trabalhem. Até mesmo sobre a presidente Dilma Rouseff”, comentou.