Equipe de transição levanta informações sobre situação financeira do AM

Até o final da próxima semana, a Comissão de Transição de Governo já terá disponível todos os documentos para análise da saúde financeira do Estado e ter um retrato da situação do Amazonas

Álisson Castro / redacao@diarioam.com.br

Manaus – Até o final da próxima semana, a Comissão de Transição de Governo já terá disponível todos os documentos para análise da saúde financeira do Estado e ter um retrato da situação do Amazonas. De acordo com a Secretaria de Estado de Comunicação (Secom), as secretarias ainda estão juntando a documentação solicitada e o órgão acredita que mais uns sete dias tudo estará nas mãos da equipe do novo governo.

Na tarde de ontem, parte da comissão de reuniu com o governador eleito Wilson Lima e foi definido nomes do secretariado que deve ser anunciado, na manhã desta sexta-feira, em um evento no 4º Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cindacta 4). Os nomes foram definidos em uma reunião com o deputado estadual Luiz Castro (Rede), que foi candidato a senador na chapa de Wilson Lima no pleito deste ano.

Equipe de trabalho conjunto está reunida na sede da Secretaria da Fazenda (Foto: Reinaldo Okita/Arquivo DA)

Em relação à Comissão de Transição, a equipe já agendou apresentar relatório final dos trabalhos em 13 de dezembro, praticamente, uma semana antes da posse da nova gestão estadual. Os próximos dias serão de trabalho árduo aos membros da comissão e subcomissões responsáveis pelos trabalhos.

Comércio

Ainda durante o processo de trabalhos de transição de governo, o governador eleito, Wilson Lima, e o vice-governador, Carlos Almeida, reuniram-se na segunda-feira, 19, com 15 representantes do segmento do comércio do Estado, na sala do Conselho de Recursos Fiscais da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz-AM), na zona centro-sul de Manaus.

O encontro serviu para delimitar as atividades da Comissão de Transição relacionadas ao primeiro setor econômico em arrecadação do Estado conforme Mapa de Arrecadação publicado na página da Sefaz. O comércio foi responsável, no período de janeiro a agosto de 2018, pela arrecadação de R$ 2,98 bilhões.

Os representantes da Associação Comercial do Amazonas (ACA), Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo Amazonas (Fecomércio), Câmara dos Dirigentes Lojistas de Manaus (CDLM), Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Associação Amazonense de Supermercados (Amase) e Sindicato da Indústria da Panificação falaram sobre os principais gargalos que dificultam a abertura de empresas e expansão dos negócios.