Governo breca nomeação para superintendência da Suframa

A nomeação do coronel da reserva do Exército Alfredo de Menezes Junior e demais nomes para outros cargos foi suspensa para evitar ‘rebelião’

Asafe Augusto / redacao@diarioam.com.br

Manaus – O governo federal suspendeu, por tempo indeterminado, a nomeação do coronel da reserva do Exército Alfredo Alexandre de Menezes Junior (PSL) para o comando da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), e demais nomes para outros cargos federais. A informação foi divulgada, nesta sexta-feira (8), em um comunicado expedido pelo ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni.

O motivo, segundo informou o jornal O Estado de S. Paulo, é uma tentativa para conter uma ‘rebelião’ de aliados, por isso, vedou nomeações e dispensas de cargos comissionados e funções de confiança para exercício em qualquer repartição federal nos Estados.

Conforme a matéria, os problemas iniciaram nos Estados como Bahia, Pernambuco, Minas Gerais, Ceará e Pará, onde havia reclamações sobre trocas de superintendentes do Incra, e ameaças de exoneração, sem motivo aparente.

Na prática, aproximadamente 70% dos cargos federais nos Estados ainda não foram trocados e há vagas em universidades, diretorias regionais e superintendências do Incra, Ibama, Funasa, Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs), entre outras.

Autarquia federal deve ter novo superintendente no governo de Bolsonaro (Foto: Eraldo Lopes/RDC)

Nome cogitado como certo para a Suframa, o coronel Alfredo ainda aguardava a nomeação há mais de um mês. O coronel já participou, inclusive, de reuniões em Brasília com o governador Wilson Lima (PSC), o secretário de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia (Sepec), Carlos da Costa, e o ministro da Economia, Paulo Guedes, no dia 15 de janeiro.

Segundo já informou o GRUPO DIÁRIO DE COMUNICAÇÃO (GDC), o coronel Alfredo Menezes chegou a ser citado no site do próprio ministério como superintendente, apesar da nomeação ainda não ter sido publicada no Diário Oficial da União (DOU).

Enquanto isso, na sede da Suframa, a principal autarquia federal da região, que trata da política de incentivos fiscais, os funcionários e diretoria aguardam a definição do governo federal. Em compasso de espera, o superintendente Appio Tolentino despacha normalmente.

Recentemente, Appio também participou de solenidades representando a Suframa, como a posse dos novos deputados estaduais e as leituras da mensagem governamental realizada por Wilson Lima, na ALE, e pelo prefeito Arthur Neto (PSDB), na Câmara Municipal de Manaus (CMM).