Mulheres lideram em número de queixas de consumidores na ALE

Quatro em cada cinco registros feitos na Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Estado (ALE) são de mulheres

Da redação / redacao@diarioam.com.br

Manaus – As mulheres lideram o ranking de denúncias na Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa do Estado (CDC/ALE). A cada cinco pessoas que procuram o CDC para denunciar problemas relacionados com a defesa do consumidor, quatro são mulheres. Em pouco mais de 15 dias de funcionamento neste ano, o órgão estadual já recebeu 23 denuncias, das quais 18 foram registradas pelo sexo feminino, o que representa mais de 77% das reclamações.

A advogada da CDC da ALE, Maria Nafice, justifica que as mulheres são proativas com as questões relacionadas a aquisição de bens e serviços e por conta disso procuram com mais frequência os órgãos competentes para formalizar denuncia relativa a abusos de empresas contra os consumidores. “As mulheres são observadoras e exigentes. Não esperam e buscam os órgãos de defesa dos consumidores quando se sentem lesadas. Elas são as cuidadosas com os bens da família, por isso assumem o papel de liderança ao exigir seus direitos de consumidoras”, disse a advogada da CDC.

O presidente da Comissão de Defesa do Consumidor da CDC da ALE, deputado estadual João Luiz (PRB), afirma que as mulheres estão de parabéns por não permitir que seus direitos sejam violados. “As mulheres são exemplos a serem seguidos. Não se calam e vão até a Justiça, se for preciso, para reivindicar seus direitos. Os dados da comissão de defesa do consumidor da Assembleia provam que elas são a maioria em formalizar denuncias contra empresas no Estado”, ressaltou o parlamentar republicano.

Mais de 77% das reclamações na CDC são das mulheres (Foto: Divulgação/ALE)