Partidos realizam eventos para lançar pré-candidatos e cursos para preparar filiados

Por Henderson Martins


Manaus – Faltando um mês para o início do período eleitoral, com data marcada para início das convenções partidárias de 20 de julho a 5 de agosto de 2016, de acordo com o calendário eleitoral aprovado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), lideranças políticas e órgãos de fiscalização, no Amazonas, intensificam trabalhos voltados para pré-candidatos que pretendem disputar as eleições municipais deste ano.

Entre as ações voltadas para os pretensos candidatos às eleições municipais, lideranças políticas e partidárias estão oferecendo cursos preparatórios, aulas e oficinas que tratam sobre minirreforma política, sancionada pela presidente Dilma Rousseff (PT) pela Proposta de Emenda à Constituição (PEC) Nº 113/2015, em novembro do ano passado.

O procurador Regional Eleitoral, Victor Riccely Lins Santos, explicou que, como o processo eleitoral está se aproximando, várias providências já estão sendo tomadas também pelo Ministério Público Federal (MPF). Ele disse, ainda, que, no último dia 10, teve uma reunião em Brasília (DF), com todos os procuradores regionais eleitorais do Brasil com objetivo de firmar estratégias nacionais na atuação do MP nas eleições deste ano.

No âmbito do Amazonas, o procurador explicou que já foram realizados seminários, com o objetivo de atuar sobre as novas regras eleitorais. Segundo ele, já foram expedidas recomendações, tanto para partidos, quanto outros órgãos para que atentem às exigências da nova legislação.

“Já estão sendo feitas reuniões com os promotores, pois eles que estarão na linha de frente das eleições. E de todo modo já é possível serem apresentadas denúncias pela população sobre possíveis irregularidades, tanto no site do MPF quanto no aplicativo SAC-MPF”, disse.

O presidente regional do Partido dos Trabalhadores (PT-AM), Valdemir Santana, disse que a sigla, que vai ter 25 pré-candidatos a prefeitos e 250 pré-candidatos a vereadores, em todo o interior do Estado, está promovendo um curso de formação para seus pré-candidatos.

Segundo o presidente regional do PT, a ideia é manter os pretensos candidatos informados e atualizados sobre como vai funcionar as novas regras eleitorais, com a minirreforma eleitoral.

“Estamos organizando esse processo de formação. E também estamos conversando com outros partidos para possíveis alianças, como o PCdoB, PDT e PNN, partidos esses que têm candidatura própria, mas, vamos aguardar, também, uma definição do partido em âmbito nacional”, disse Valdemir.

O presidente regional do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), Mário Barros, informou que o partido promoveu, através do Instituto Teotônio Vilela (IVT), um encontro entre lideranças do partido no interior do Estado, e pré-candidatos a prefeitos e vereadores, como um curso preparatório para os pretensos candidatos.

“Na impossibilidade de trazer todos os pré-candidatos, estamos trazendo o presidente e o secretário-geral do partido, com o objetivo de fazê-los levar essa informação aos demais envolvidos”, disse Mário Barros.

Na disputa para as eleições municipais no interior do Estado, segundo o presidente regional do PSDB, o partido tem, atualmente, 27 pré-candidatos a prefeitos e dez a vice-prefeitos. Para vereadores, Mário Barros explicou que, ainda, não se fechou os números.

O diretório regional do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) informou que, em Manaus, o partido não está realizando nenhum movimento, mas no interior do Estado está fazendo um trabalho de preparação de seus pretensos candidatos à disputa eleitoral deste ano.