Presidente do TRE-AM diz que decisão sobre cassação de Melo ainda não foi comunicada

Desembargador Yedo Simões informou que o TSE ainda não comunicou oficialmente o TRE e que Melo continua como governador até a publicação do acórdão

Da Redação / portal@d24am.com

Foto: Frank Cunha/ Rede Diário

Manaus – O Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) ainda não foi oficialmente notificado sobre a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de manter a cassação do governador José Melo (PROS) e do vice Henrique Oliveira (SD), de acordo com o presidente do tribunal, desembargador Yedo Simões.

“Com a comunicação, naturalmente, assume o presidente da Assembleia (Aleam), David Almeida, que na ordem de sucessão, ele que substitui interinamente como governador”, ressaltou.

José Melo continua sendo governador até a execução do acórdão, segundo Yedo. “Ainda não existe a comunicação oficial ao TRE. Tem que ser encaminhado o acórdão e quando vier será cumprido imediatamente. O resto é especulação”, destacou.

 

Novas eleições

O presidente do TRE-AM ressaltou que ainda não há data marcada para a eleição suplementar. “Temos 40 dias para marcar as novas eleições e não para iniciar. E quem vai definir as datas é o pleito, ainda teremos que levar o pleito que vai votar e definir o calendário”, disse.

Ainda segundo Yedo, o TRE-AM também aguarda a definição dos recursos do TSE que serão usados pelo tribunal para que possam  ser realizadas as novas eleições.

“Dependemos dos recursos para poder iniciar as licitações dos serviços que vamos contratar para as eleições, como aeronaves a disponibilidade do da Força Federal, a questão da transmissão de dados, todos os serviços necessários”, disse Simões.