Urna apresenta problemas após seções de votação serem unidas em uma sala, na EST/UEA

Na Escola Superior de Tecnologia, zona centro-sul, seções agregadas geraram triplicação da fila. Urna usada para as duas teve que ser trocada após falhas

Bruno Mazieri / redacao@diarioam.com.br

Manaus – Na Escola Superior de Tecnologia (EST/UEA), localizada na Avenida Darcy Vargas, bairro Parque Dez, zona centro-sul, as seções 549 e 561 foram unidas em uma única sala, o que causou transtornos desde às primeiras horas da manhã deste domingo (6), pois foi disponibilizada somente uma urna eletrônica para a votação.

Por volta de 11h30, funcionários do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) paralisaram a votação para realizar a troca da urna, que estava apresentando problemas. A troca demorou cerca de 15 minutos.

Urna teve que ser trocada por volta das 11h30 (Foto: Bruno Mazieri/Divulgação)

Segundo Jader Lopes, coordenador da base da 2ª Zona Eleitoral, por conta das seções agregadas e com o grande fluxo de jovens e idosos, houve uma triplicação da fila. Além disso, a máquina estava apresentando problemas no reconhecimento da biometria. “Para que maiores transtornos não sejam causados e para dar maior agilidade no processo, optamos por fazer a mudança da urna eletrônica”, disse.

A contadora Séfora Geber, 49, afirma que está há mais de uma hora na fila e que a lei não está sendo respeitada. “O TRE não faz uma análise para saber a quantidade de pessoas por cada seção? É sabido que essas duas têm um grande número de idosos. Existe uma má distribuição e falta de planejamento. Enquanto isso, as outras seções ao redor estão vazias”, reclamou.

Seções foram unidas em uma única sala, na EST (Foto: Bruno Mazieri/Divulgação)