Wilson Lima toma posse como governador do Amazonas

A solenidade ocorreu no final da tarde desta terça-feira (1º), no Teatro Amazonas, e o governador empossado adiantou que as repartições públicas não terão sua foto

Alisson Castro / Redacao@diarioam.com.br

Manaus –  W ilson Lima foi empossado governador do Amazonas, no final da tarde desta terça-feira (1º), no Teatro Amazonas, Centro. A solenidade, comandada pelo presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE), deputado David Almeida, contou com a presença de seu vice-governador, o defensor público Carlos Almeida, além de autoridades do Estado.

Durante seu discurso, Wilson Lima afirmou que as repartições públicas não terão sua foto, sendo aplaudido. Ele disse que a posse dele representa colocar o povo no poder. “Estamos inaugurando um novo momento e este momento pertence de vocês, é nosso, é do povo do Estado do Amazonas. Este é o capítulo que coloca o povo como protagonista e que me coloca como principal instrumento para promover mudanças”, disse o novo governador.

Wilson Lima tomou posse como governador do Estado, nesta terça-feira (1º) (Foto: Divulgação)

David Almeida, destacou, em discurso, que os brasileiros e amazonenses têm muita “expectativa”. “E agora vossa excelência passa a ser também o meu governador”, disse David, que esteve entre os concorrentes de Wilson Lima nas Eleições de 2018.

Presente na cerimônia de posse, o prefeito de Manaus Arthur Virgílio Neto disse que Manaus é considerada a cidade mais organizada no plano econômico e financeiro do País. “Manaus está muito tranquila com suas contas em dia e tudo que eu posso desejar ao governador (Wilson Lima) é que acerte porque o Amazonas precisa que alguém acerte”, disse. Perguntado sobre eventual apoio a Wilson Lima, Arthur respondeu: “Eu não sou parlamentar para ser oposição, assim não existe isto de apoiar. O que existe é ter ou não ter uma relação institucional boa, positiva, construtiva. Ele governando lá a parte dele e eu governando a minha parte e a gente deve ter uma relação construtiva e de cooperação”, afirmou.

Após a solenidade, o governador empossado realizou revista às tropas, em frente ao teatro, no piso da Praça São Sebastião, onde afirmou que tem o relatório da Comissão de Transição, que esmiuçou os dados do governo do Estado e tem 800 páginas. Wilson Lima disse que pretende renegociar contratos para equilibrar receitas e despesas do governo do Estado.

Na sequência, Wilson e seu vice participaram de uma coletiva de imprensa e seguiram para o Palácio Rio Negro, também no Centro de Manaus, para a solenidade de transmissão de cargo com a presença de Amazonino Mendes.
Após receber a faixa do governador Amazonino Mendes, Wilson Lima disse pretender colocar em prática o estudo realizado pela consultoria americana Giuliani Security & Safety (GSS), contratada na gestão do ex-governador Amazonino Mendes.