Escuta da Polícia Federal liga apoio de ‘facção’ a José Melo

Manaus – “Nossa ‘Faccao’ é ‘tao’ Franca… Que ‘nos’ elegemos foi um ‘govenado’… ‘So’ isso”. Esse é um trecho da conversa entre os traficantes José Roberto Fernandes Barbosa, o ‘Zé Roberto’, e João Pinto Carioca, o ‘João Branco’, líderes da facção Família do Norte (FDN), apontada pelo governo do Estado como responsável pelo massacre no último dia 1º, no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj). As conversas por mensagens foram interceptadas, em outubro de 2015, com autorização da Justiça, durante investigações da Polícia Federal (PF) que culminaram na operação La Muralla. Para a PF, o diálogo se refere ao apoio dado pela organização criminosa envolvida com o tráfico a reeleição do governador José Melo, relação esta que está sendo investigada pela PF.

Um ano antes das interceptações da PF, uma gravação feita dentro do Compaj, gravada uma semana antes das eleições para o segundo turno para o cargo de governador do Estado, mostra uma conversa entre o major da Polícia Militar (PM) Carliomar Barros Brandão, então subsecretário de Justiça e Direitos Humanos com Zé Roberto. Durante a conversa, o oficial pede apoio ao traficante para as eleições de 2014, em troca da “paz” dentro dos presídios de Manaus.

Durante a conversa, Zé Roberto, segundo o áudio, diz: “Vamos apoiar o Melo, entendeu? A cadeia…vamos votar minha família toda, lá da rua, entendeu? Não tem nada não, a gente não conhece o Melo (trecho inaudível), a gente quer dar um alô, que ele não venha prejudicar nós. E nem mexer com nós”, pede o narcotraficante, que atualmente cumpre pena no presídio Federal.

Como forma de acordo, o então subsecretário de Justiça e Direitos Humanos, major Carliomar Brandão (foto), que logo após ter sido exonerado do cargo voltou a assumir o comando do Batalhão de Trânsito do Estado do Amazonas (Batran), cargo que ocupa até o momento, fala: “Não, ele não vai, não… A mensagem que ele mandou para vocês agradeceu o apoio e que ninguém vai mexer com vocês, não”, afirma o oficial.