Amazonense de 2019 em nova forma e curto

No próximo ano, os oito clubes participantes do Estadual jogarão entre si em jogos de ida (1º turno) e volta (2º turno) com semifinais e finais em cada fase. Competição inicia no dia 2 de fevereiro

Da Redação / redacao@diarioam.com.br

Manaus – A Federação Amazonense de Futebol (FAF) divulgou, nesta segunda-feira (3), o regulamento e tabela de jogos do Campeonato Amazonense de 2019, que começa no dia 2 de fevereiro e encerra no dia 20 de abril, ambas as datas um sábado. Com oito clubes participantes – Manaus FC, Fast Clube, Nacional, Rio Negro, Sul América, Iranduba da Amazônia, Princesa do Solimões e Penarol -, o Estadual novamente será de tiro curto, com duração de 78 dias, um pouco mais de dois meses.

O sistema de disputa mudou mais uma vez, como aprovou o Conselho Técnico da FAF, que reúne os dirigentes e representantes dos clubes da divisão de elite local. E ao contrário da edição deste ano do Amazonense, em que os times eram divididos em duas chaves com quatro clubes cada disputando quartas de final, semifinais e final no turno e returno, a briga por vagas nos matas-matas foi encurtada e será mais direta.

Atual bicampeão estadual, o Manaus FC buscará a terceira taça seguida (Foto: Raquel Miranda/22/02/2018)

Em 2019, o Estadual continuará dividido em duas fases, mas sem agrupamentos (divisão em chaves) dos clubes. As oito equipes jogarão entre si no formato de pontos corridos, em jogos de ida (1º turno) e volta (2º turno). Em cada turno, os quatro melhores classificados avançam para as semifinais para depois definir os finalistas, que brigarão pelos títulos das respectivas fases em partida única. E caso o time vencedor do turno inicial e segundo turno seja o mesmo, já será declarado campeão do Estadual e estará, automaticamente, classificado para as edições de 2020 da Copa do Brasil, Copa Verde e Série D do Brasileiro.

Mas, se for um campeão diferente em cada turno, a finalíssima do Campeonato Amazonense será disputada em dois jogos, programados para os dias 13 e 20 de abril, dois sábados. Ainda conforme o regulamento da competição, independente se um dos clubes finalistas do Estadual for do interior e tiver o melhor índice técnico na soma das duas fases classificatórias, a partida de volta da final será na Arena da Amazônia, em Manaus.

Abertura

As fases classificatórias do Estadual de 2019 terão sete rodadas, sempre com quatro jogos, em cada turno para definir os semifinalistas. E a primeira rodada abrirá com o Fast Clube, atual vice-campeão da Série A do Amazonense, diante do Iranduba, vencedor da Série B local deste ano, a partir das 15h30, no dia 2 de fevereiro (sábado), no Estádio Carlos Zamith, no Coroado.

Ainda no sábado, às 18h, no Estádio da Colina, no bairro Glória, o Manaus FC, que neste ano conquistou o bicampeonato estadual, iniciará a briga pelo tri contra o Sul América, vice-campeão da Segundinha. No dia seguinte (3), no domingo, a primeira rodada do Estadual fechará com os jogos entre Nacional e Penarol, às 15h30, no Zamith, e Princesa e Rio Negro, às 18h, no Estádio Gilbertão, em Manacapuru (a 68 quilômetros de Manaus).