Carille tenta lidar com sua primeira turbulência no comando do Corinthians

Técnico trabalha para reerguer a equipe após eliminação na Copa do Brasil

Estadão/Diário do Amazonas

Foto: Daniel Augusto Jr|Agência Corinthians

São Paulo – Fábio Carille vive seu primeiro momento de instabilidade no Corinthians desde que assumiu o comando técnico da equipe, no início do ano, e sabe que o jogo de domingo contra o São Paulo pode ser um divisor de águas para o seu trabalho.

Os jogadores corintianos ficaram bastante abalados pela eliminação da Copa do Brasil, principalmente pelo fato de o time ter criado diversas oportunidades de gol e não ter aproveitado. Assim, uma das missões do treinador é conseguir fazer o elenco se reerguer e entrar motivado no clássico com o São Paulo.

“É o momento mais difícil da minha carreira, com certeza. Mas estou satisfeito com o entendimento da ideia de jogo por parte dos atletas”, destacou o Carille, que vai apostar na conversa para manter o time focado na partida de domingo.

O treinador ainda terá que administrar a situação de alguns jogadores, que parecem perder prestígio com os torcedores. Rodriguinho, por exemplo, ficou marcado por se negar a bater um dos pênaltis contra o Inter, alegando cansaço e cãibra. Marquinhos Gabriel, que não vinha tendo tantas oportunidades e também já era olhado com desconfiança pelos torcedores, errou uma cobrança.

Nos bastidores, ninguém cogita a possibilidade de Carille ser demitido em caso de derrota para o São Paulo. A visão dos dirigentes é que o time tem apresentado boa evolução tática e que o treinador é o responsável por isso. Mas cair diante de um rival pode aumentar a pressão sobre o trabalho do treinador.

O Corinthians deve acertar com pelo menos três reforços para a disputa do Campeonato Brasileiro. A expectativa é que, já a partir da próxima semana, alguns nomes sejam confirmados.

Comentários via Facebook