Fast e Penarol dão início ao Campeonato Amazonense nesta terça-feira

Fotos: Eraldo Lopes e Divulgação/Penarol

Thiago Fernando / portal@d24am.com

Manaus – Hoje à noite (14), a bola vai rolar, pela primeira vez, no Campeonato Amazonense de Futebol 2017. Às 20h, Fast Clube e Penarol se enfrentam, no Estádio Carlos Zamith, no Coroado, zona leste da capital. O Tricolor entra na competição para defender o título e, consequentemente, buscar o bicampeonato. Enquanto isso, o Leão da Velha Serpa espera surpreender na competição e voltar a ser um dos grandes times do Estado.

Na temporada passada, o Fast voltou a conquistar o campeonato Estadual, após 45 anos. Neste ano, o Rolo Compressor entra no Amazonense como um dos favoritos ao título e montou um elenco considerado mais forte pela diretoria por causa das quatro competições que ganhou o direito de disputar, no ano. A equipe manteve o treinador João Carlos Cavalo e alguns jogadores que foram importantes na campanha do Estadual passado, como o zagueiro Thiago Brandão e o volante Roberto Dinamite.

Com o aval do técnico, a diretoria do Fast correu atrás de reforçar o elenco. A equipe contratou alguns velhos conhecidos do torcedor, como o goleiro Naylson, que, depois de sair do Amazonas, teve passagens vitoriosas por River-PI e Sampaio Corrêa-MA, e os atacantes Edinho Canutama e Felipe.

Outros dois atacantes, Junior Neymar e Tiago Verçosa, foram contratados, mas acabaram dispensados pelo Rolo Compressor. Júnior Neymar foi flagrado pelo clube em uma festa, dias antes do primeiro confronto na Copa Verde, contra o Santos-AP. Verçosa foi demitido sob alegação de indisciplina. Para suprir as saídas, o time foi rápido e recontratou o artilheiro Charles, que estava no Brasiliense-DF.

Hoje, João Carlos Cavalo deve escalar o Tricolor com: Naylson; Emerson, Thiago Brandão, Bianor e André Luiz; Cleber, Roberto Dinamite, Robinho e Raílson; Edinho Canutama e Charles.

 

Voltar a ser uma ‘grande’

Após passar um ano longe das competições oficiais, o Penarol voltou ao Campeonato Amazonense na divisão de acesso. O torneio foi disputado no início deste ano e contou com a participação de quatro equipes. A presença na elite do Estadual foi confirmada após o time de Itacoatiara (a 176 quilômetros a leste de Manaus) vencer o primeiro turno, diante do Holanda.

Apesar da classificação, a diretoria do Leão demitiu o treinador Fábio Luiz e efetivou o auxiliar, Humberto Santos, para a competição. Além disso, os dirigentes se movimentaram e confirmaram a contratação de cinco reforços, entre eles, o meia Edicleber (ex-Remo) e o lateral-esquerdo Rafael Vieira.

Os jogadores se juntaram a outros experientes, como os zagueiros Samir e Victor Hugo, o volante Eduardo Magrão e o atacante Kitó.

Os ingressos para o duelo custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Reginaldo Vasconcelos Noronha será o árbitro do confronto.