Gabriel Medina é eliminado da etapa de Fiji do Circuito Mundial de Surfe

Campeão do evento nas ondas de Tavarua no ano passado, ele deixou a disputa na terceira fase, ao perder a sua bateria para o compatriota Italo Ferreira por 15,83 a 15,47

Estadão Conteúdo

Medina conseguiu a maior nota da série, com 8,10, mas acabou sendo batido por Italo, que conseguiu 8,00 e 7,83 (Foto: Reprodução)

São Paulo –  O brasileiro Gabriel Medina está fora da etapa de Fiji do Circuito Mundial de Surfe. Campeão do evento nas ondas de Tavarua no ano passado, ele deixou a disputa precocemente, na terceira fase, ao perder a sua bateria para o compatriota Italo Ferreira por 15,83 a 15,47.

A bateria foi bastante equilibrada e emocionante, tanto que Medina conseguiu a maior nota da série, com 8,10, mas acabou sendo batido por Italo, que conseguiu 8,00 e 7,83, superando o campeão mundial de 2015 por uma diferença de apenas 0,46 logo na sua etapa de retorno ao campeonato – sofreu lesão no tornozelo na Gold Coast e ficou de fora dos três eventos seguintes.

Além de Italo, outro brasileiro já está classificado para a quarta fase no Fiji: Ian Gouveia. Ele superou o australiano Owen Wright, que foi campeão na ilha da Oceania em 2015 e que neste ano faturou a etapa da Gold Coast, por 15,66 a 15,26. Antes, na segunda fase, o surfista do Brasil havia superado o norte-americano Kanoa Igarashi por 15,10 a 7,13.

Já Miguel Pupo foi eliminado na terceira fase ao perder para o australiano Matt Wilkinson por 16,84 a 5,67 – na repescagem, o brasileiro tinha batido o australiano Jack Freestone por 12,00 a 9,23.

Pela segunda fase, Wiggolly Dantas superou o compatriota Jadson André por 14,77 a 12,27 e agora vai duelar na terceira com o havaiano Sebastian Zeitz. Já Adriano de Souza, o Mineirinho, havia avançado direto para a terceira fase e disputará a sua bateria contra o auastraliano Stuart Kennedy.

Ainda pela segunda fase, Yago Dora, sensação da etapa do Rio, foi eliminado nas ilhas Fiji ao perder para o australiano Joel Parkinson por 10,66 a 10,33, e Bino Lopes deixou a disputa ao ser superado pelo havaiano Sebastian Zietz por 18,43 a 9,53.