Jair exalta vitória do Botafogo em clássico e festeja quebra de tabu

Para o treinador, time vem tendo boas performances, apesar de ter passado três jogos sem vencer

Agência Estado

O triunfo também fez o Botafogo encerrar um jejum de quatro anos sem vencer os vascaínos em clássicos (Foto: Satiro Sodré/Botafogo)

Rio de Janeiro – Depois de ver o Botafogo vencer o Vasco por 3 a 1, na noite desta quarta-feira (21), no Estádio Nilton Santos, em um clássico no qual chegou a estar ganhando por 3 a 0, o técnico Jair Ventura exaltou a superioridade do time alvinegro no confronto válido pela nona rodada do Campeonato Brasileiro.

“Foi uma vitória maiúscula. O Gatito não fez nenhuma defesa difícil”, ressaltou o comandante, em entrevista coletiva, ao analisar o jogo no qual o Botafogo alcançou a quinta posição da competição, com 15 pontos.

O triunfo também fez o Botafogo encerrar um jejum de quatro anos sem vencer os vascaínos em clássicos, fato que também foi destacado por Jair Ventura, que na vitória anterior sobre a equipe cruzmaltina (um 3 a 2 no Brasileirão de 2013) trabalhava como auxiliar da comissão técnica botafoguense.

“Quebramos mais um tabu de não vencer clássicos, hoje dei os parabéns ao time por isso, sendo que jogamos com a equipe alternativa várias vezes (contra o Vasco neste período do tabu)”, festejou.

O treinador, entretanto, enfatizou que é preciso seguir com os “pés no chão”. “Não tem melhor time do mundo quando você ganha, nem o já ganhou quando vence. É equilíbrio, o segredo do Brasileirão é ter equilíbrio, ficamos cinco jogos sem vencer, mas um deles foi (o que marcou) uma classificação na Copa do Brasil”, disse Jair Ventura, minimizando o peso do jejum recente do time.

“Esses dias eu vi um treinador falando: ‘Nós vencemos hoje’, mas ele na verdade perdeu o segundo jogo (partida de volta) da Copa do Brasil. Mas ele venceu na soma (de resultados do mata-mata)… E desses cinco jogos que ficamos sem vencer nós só perdemos um jogo, que foi para o Santos aos 50 minutos (do segundo tempo, no Pacaembu). A gente vem ‘performando’ bem”, destacou o comandante.

Em seguida, ele fez um alerta aos seus jogadores ao falar sobre a partida da próxima segunda-feira, contra o Avaí, no Engenhão, pela décima rodada do Brasileirão. “Não tem vitória certa contra Avaí de jeito nenhum. É um jogo perigoso”, completou Jair Ventura.