Família Davella terá dois representantes no evento russo de MMA, o M-1 Challenge Global

Os atletas estão em fase final de preparação na academia The Prime, no Novo Aleixo, e embarcam nessa semana para Inguchétia, uma divisão federal da Rússia

Thiago Fernando / portal@d24am.com

Foto: Divulgação

Manaus – Se o próximo dia 22 já prometia ser especial para a família Davella, na última semana, a data ganhou ainda mais importância. Após anunciar que Diego Davella faria o co-main event da edição 76 do evento russo de MMA, M-1 Challenge Global, a organização confirmou que seu irmão mais novo, Heliton dos Santos irá fazer sua estréia no Global contra o lutador local, Khamzat Dalgiev, no mesmo dia.

Os atletas, oriundos do jiu-jítsu, estão em fase final de preparação na academia The Prime, no Novo Aleixo, zona leste de Manaus, e embarcam nessa semana para Inguchétia, uma divisão federal da Rússia.

Detentor do cinturão do peso Pena (até 65 quilos) do Rei da Selva Combat, Heliton dos Santos tem um cartel bem positivo e repleto de lutas empolgantes. Aos 26 anos, o lutador coleciona 15 vitórias e apenas cinco derrotas na carreira. Entre os adversários, Heliton já enfrentou Dileno Lopes, Naldo Silva e Thiago Belo.

Seu adversário, o russo Khamzat Dalgiev tem nove lutas na carreira. No total, são oito vitórias e apenas uma derrota, em sua estreia, no M-1 Challenge 49.

Essa não será a primeira vez em que os irmãos lutaram no mesmo evento. Diego disse que, apesar deles ficarem com um frio na barriga na hora da luta do outro, eles gostam, pois conseguem fazer a preparação juntos.

Essa será a segunda luta de Diego no evento internacional. Em sua estreia, em novembro de 2016, o amazonense finalizou o russo Zalimbek Omarov no segundo round. Além da vitória, Davella ganhou o prêmio de melhor finalização do evento.

Bem recebido pelos organizadores e com moral graças à boa atuação, o amazonense lutará pelo cinturão de sua cat

Comentários via Facebook