Mil sacos plásticos são distribuídos na Arena da Amazônia para recolher o lixo

Manaus – Aproximadamente mil sacos plásticos foram distribuídos durante a segunda rodada de partidas dos Jogos Olímpicos Rio 2016, na Arena da Amazônia, neste domingo (07). A ação foi realizada pelo consulado geral do Japão em Manaus e Associação Nippo brasileira da Amazônia Ocidental (Nippaku), após um grupo de japoneses utilizarem sacos plásticos para limpar o estádio na última quinta-feira.

A professora da Nippaku, Lié Shishido, comentou que a ação visa conscientizar a população amazonense para recolher o seu próprio lixo. “Os japoneses trouxeram as sacolas no último jogo. Decidimos fazer isso para que os amazonenses possam criar essa cultura, como diversos japoneses. Eles quando se juntam reúnem os seus próprios lixos, precisamos fazer isso também”, comentou a professora.

O amazonense Ícaro Nóbrega, 29, contou que recebeu a sacola quando estava chegando na Arena da Amazônia. Segundo ele, os japoneses possuem uma cultura diferente se comparada a do Brasil.

“Temos muitos amigos descendentes de japoneses e eles me deram alguns sacos. Durante o jogo, o saco foi utilizado para torcer e fazer barulho, mas no fim de tudo serviu  para retirar o lixo. Outras pessoas chegaram e pediram o saco. Isso foi muito legal”, destacou o engenheiro, acrescentando que os brasileiros precisam mudar de atitude em relação ao lixo. “Jogamos lixo nos nossos igarapés e precisamos realizar um ato básico, que pode mudar muita coisa”.

A corretora de imóveis Socorro Sarkis, 57, que também recebeu um saco e participou da retirada do lixo com o saco plástico. Ela destacou que os brasileiros precisam agir como os japoneses.

“É um exemplo a ser seguido. O amazonense joga muito lixo na rua. Eles perguntaram se nós queríamos esses saquinhos e aceitamos. Se cada um juntasse o seu lixo, a nossa cidade seria muito melhor”, comentou.