Na abertura das quartas de final da Champions tem Juve x Barça

Liga dos Campeões Clássico entre gigantes italiano e espanhol será disputado no estádio da Juventus, em Turim. Outro jogo desta terça-feira reune o alemão Borussia Dortmund contra a zebra francesa Monaco

Estadão Conteúdo / portal@d24am.com

Foto: Josep Lago/AFP

Turim – As quartas de final da Liga dos Campeões da Europa começam nesta terça-feira (11), com duas partidas às 14h45 (de Manaus) – as outras duas serão na quarta. Em Turim, na Itália, a Juventus recebe o Barcelona; na Alemanha, o Borussia Dortmund enfrenta o Monaco, uma das surpresas desta fase após eliminar o Manchester City do técnico espanhol Pep Guardiola.

Contratado pela Juventus no início desta temporada europeia, será a primeira vez que o lateral-direito brasileiro Daniel Alves irá enfrentar o seu ex-clube. “Não me sentia mais confortável no Barça. Decidi encontrar felicidade em outro lugar”, disse o jogador, que deixou a Espanha fazendo críticas à diretoria do clube catalão.

O Barcelona não poderá contar com o volante Sergio Busquets, suspenso por levar o segundo cartão amarelo na goleada de 6 a 1 sobre o Paris Saint-Germain, na Espanha, pelas oitavas de final. Na Juventus, o zagueiro Chiellini, machucado, segue fora.

Na véspera do reencontro entre Juventus e Barcelona, o técnico Luis Enrique evitou comparações com a final da Liga dos Campeões da temporada 2014/2015 vencida pelo time catalão por 3 a 1 sobre o de Turim, em Berlim. “Não sei se a Juventus de hoje é melhor do que a de 2015, mas sei que o time se reforçou bem e é uma equipe muito forte agora”, declarou o treinador do Barcelona. “Os números da Juventus são espetaculares. Mas isso não vai mudar nosso plano de fazer um grande jogo”, afirmou.

Alemanha 

Dois dias após a goleada sofrida para o Bayern de Munique, o técnico Thomas Tuchel tenta resgatar a moral do seu time para o jogo de ida contra o Monaco, hoje. Na véspera da partida, o treinador negou qualquer crise na equipe e pediu ao elenco para “esquecer” a derrota por 4 a 1.
Para superar a goleada do último sábado, o treinador conta com reforços na equipe para este primeiro jogo contra o Monaco. “Para amanhã (terça-feira), a situação do nosso elenco está um pouco melhor. Esperamos contar com as voltas de Julian Weigl, Shinji Kagawa e Lukasz Piszczek, que deve estar pronto para o jogo”, disse Tuchel.

No lado francês, o técnico Leonardo Jardim sofreu um desfalque de última hora. O lateral Sidibé foi diagnosticado com apendicite e está fora da partida. O atleta se transformou em uma das principais peças da ótima campanha do Monaco nesta temporada e se tornou presença constante na seleção francesa. Mas o lateral-direito sequer foi relacionado e precisará ser substituído por Almamy Touré.

Outro desfalque para Leonardo Jardim é o meio-campista Bakayoko, suspenso. Apesar dos problemas, o time monegasco mantém confiança de que pode fazer história e eliminar o favorito Dortmund, principalmente depois de ter surpreendido o poderoso Manchester City nas oitavas.

Comentários via Facebook