Nacional erra finalização e perde em casa para o São Raimundo-PA

Com o placar fechando em 1 a 0, o Leão da Vila passou a ocupar a última colocação do grupo A3. O próximo jogo será em Santarém, contra o próprio São Raimundo-PA

Natasha Pinto / vencer@diarioam.com.br

Manaus – O Nacional não conseguiu acertar a finalização e perdeu, por 1 a 0, para o São Raimundo-PA, que ainda não tinha vencido na Série D do Campeonato Brasileiro, na Arena da Amazônia, nesta tarde de domingo (6). Com o resultado, o Leão da Vila fica na última colocação do grupo A3. O próximo jogo será em Santarém, contra o próprio São Raimundo-PA.

O jogo começou bastante acirrado, com as duas equipes disputando a posse de bola. Aos 20 minutos de partida, em cobrança de falta, o lateral Souza cruzou para área, o zagueiro Siqueira sobiu, mas cabeceou para fora do gol.

Passados 24 minutos de partida, o jogador azulino Jailton é lançando para dentro da área, ele chutou cruzado e o goleiro Jader espalmou com a ponta dos dedos para escanteio. Na sequência do lance, o atacante Charles cobrou escanteio, o goleiro Jander espalmou e, no rebote, Denis Pedra soltou um chute forte, que passou raspando o travessão, mas o árbitro Leo Holanda já havia marcado falta em cima do goleiro do São Raimundo.

Nacional erra finalização e perde em casa para o São Raimundo-PA (Foto: Reinaldo Okita)

O São Raimundo repondeu aos 38 minutos. Romário tocou para Marcelo, que invadiu a área e chutou cruzado, a bola passou na frente do gol do Goleiro Valverde. Ja nos acréscimos do primeiro tempo, Vinícius cruzou do lado direito, Marcelo dominou e chutou, a bola bateu no travessão e entrou no gol, abrindo o marcador.

Na volta do intervalo, logo no primeiro minuto, em cobrança de falta, o zagueiro Zé Antônio colocou a bola no ângulo, mas o goleiro Jader se esticou e conseguiu fazer a defesa para o alvinegro.

O Nacional repondeu aos três minutos, após cobrança de escanteio, Siqueira cabeceou a bola estando livre de marcação, mas ela foi para a linha de fundo. Mais Leão na partida, aos nove minutos, Raylson foi lançado dentro da área, o atacante chutou e o goleiro espalmou para a linha de fundo.

Em uma jogada individual, Raylson foi para dentro da área e chutou para o gol, a bola passou raspando a trave, aos 12 minutos de jogo. A partida então ficou ainda mais disputada, ambas as equipes conseguiam chegar na grande área adversária, mas não conseguiam finalizar com perigo.

Até que, aos 28, o volante Ives tocou para Danilo Galvão, que passa para Charles. O atacante finalizou, mas o goleiro chegou na bola e colocou para linha de fundo. O Nacional continuou na pressão, mas não conseguiu finalizar para o gol, perdendo várias chances de sair com o empate da partida.