Pênaltis são apostas para a Copa do Mundo

Preparador de goleiros da Seleção Brasileira, Taffarel acredita que o uso do árbitro de vídeo irá aumentar a marcação de faltas e penalidades durante as partidas do Mundial da Rússia

Agência Estado

Rio de Janeiro – A Copa do Mundo da Rússia pode ser a Copa dos pênaltis. Essa é a previsão do preparador de goleiros da Seleção Brasileira, Taffarel. Na opinião dele, tetracampeão em 1994, a inclusão do árbitro de vídeo no Mundial deverá fazer com que mais faltas dentro da área sejam marcadas. Por isso, a comissão técnica da Seleção planeja um trabalho especial para os goleiros.

“Eu acho que, nesta Copa do Mundo, com o negócio do (árbitro de) vídeo, às vezes lances que o juiz não viu, com o auxílio da televisão vão acontecer mais pênaltis. A gente tem que se preparar bastante para isso”, afirmou Taffarel, ontem, durante entrevista coletiva na Granja Comary, em Teresópolis (RJ).

Goleiros Alisson, Ederson e Cássio terão treinos específicos para os pênaltis (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Segundo ele, um trabalho específico voltado às cobranças de pênaltis será feito com os três goleiros da Seleção, Alisson, Ederson e Cássio. “Neste primeiro momento não é aquela prioridade. Ainda estamos analisando os adversários, mas depois vamos focar bem nessa questão. Acho que vai ser bastante importante na Copa do Mundo”, considerou.

O também preparador de goleiros Rogério Maia, que trabalha no Flamengo e está com a Seleção, ressaltou que as penalidades máximas estão cada vez mais frequentes nas partidas. Ele defendeu atenção especial na preparação dos goleiros. “A gente faz um trabalho integrado com os analistas de desempenho da Seleção, para buscar informações dos adversários, dos prováveis batedores de pênalti. Os jogos cada vez mais estão equilibrados, e as grandes decisões estão se encaminhando para decisões por pênaltis”, afirmou.

Maia fez parte da comissão técnica da Seleção que foi ouro nos Jogos Olímpicos do Rio, em 2016. Na final, o Brasil bateu a Alemanha, justamente, nas cobranças de pênaltis. “A gente sabe que a decisão final é do goleiro, mas a nossa função como preparadores de goleiros, integrados com analistas e comissão técnica, é abastecer de informações para que o atleta se sinta seguro e possa ter a melhor escolha”, disse.

Grupo de 20

A Seleção Brasileira já está com o grupo ‘completo’ na Granja Comary, em Teresópolis (RJ), para a fase inicial de preparação para a Copa do Mundo. O meia Philippe Coutinho desembarcou, no fim da manhã, no CT da Seleção e, junto a Alisson, Paulinho e Miranda, que também chegaram, ontem, completou o elenco de 20 jogadores que passa por uma bateria de exames médicos e fará os primeiros treinos.

Mas o grupo que estará na Rússia só estará 100% formado na próxima segunda-feira (28). Isso porque o volante Casemiro e o lateral-esquerdo Marcelo, ambos do Real Madrid, e o atacante Roberto Firmino, do Liverpool, disputam a final da Liga dos Campeões, no sábado (26), em Kiev. Assim, o trio se apresentará a Tite apenas na fase europeia de preparação da Seleção Brasileira, já em Londres.