Perto da vaga, Santos recebe o Estudiantes

Líder do Grupo F e com uma vitória, por 1 a 0, sobre o rival argentino, no duelo passado, clube paulista pode encaminhar, hoje à noite, a sua classificação

Agência Estado / redacao@diarioam.com.br

São Paulo – Após a derrota para o Bahia, no último sábado, pelo Brasileirão, o Santos esquece a competição nacional e se concentra no compromisso diante do Estudiantes, nesta terça-feira (24), às 20h30 (de Manaus), na Vila Belmiro, em Santos, pela quarta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores, que pode encaminhar o time brasileiro na próxima fase do torneio sul-americano.

O confronto será o primeiro do Peixe na Vila Belmiro pela competição. Encabeçada pelo presidente do clube, José Carlos Peres, a iniciativa de mandar boa parte dos jogos santistas no Pacaembu, em São Paulo, fez com que o Santos jogasse somente cinco jogos em seu estádio nesta temporada – todos pelo Paulistão.

Jair Ventura não contou, ontem, com os atacantes Arthur Gomes, com desgaste físico, e Eduardo Sasha, lesionado (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

No primeiro duelo entre as duas equipes, melhor para o Santos, que venceu os argentinos, por 1 a 0, no Estádio Centenário de Quilmes, na Argentina. A vitória, construída com gol de Arthur Gomes – em posição irregular – veio muito graças à atuação do goleiro Vanderlei, que fez, ao menos, quatro defesas difíceis.

O resultado positivo fora de casa sobre a equipe argentina na rodada passada deixou o Santos na liderança do Grupo F. O time brasileiro tem seis pontos, dois a mais que o adversário de hoje e que o Real Garcilaso, terceiro colocado. O Nacional, do Uruguai, soma dois e é o lanterna da chave.

O técnico Jair Ventura tem dúvidas quanto à escalação titular. Os atacantes Arthur Gomes e Eduardo Sasha não treinaram, ontem, no CT Rei Pelé, e podem ser desfalques. O primeiro não participou da atividade devido ao desgaste físico e o segundo sofreu uma entorse no tornozelo. Mas os dois podem estar aptos a jogar.

Se Eduardo Sasha estiver à disposição, Jair Ventura deve manter a mesma escalação que foi derrotada pelo Bahia, por 1 a 0, em Salvador. Se Sasha não puder jogar, o treinador pode escalar o veterano Renato no meio-campo e adiantar Jean Mota.

Bruno Henrique, que já seria desfalque por estar suspenso por cinco jogos pela Conmebol, sofreu um edema no músculo adutor da coxa esquerda. Por outro lado, o atacante Diogo Vitor voltou aos treinos após tratar uma infecção dentária e deve ser opção no banco de reservas.