Ponte Preta vence o Atlético-PR e encosta no G4 do Brasileirão

Campinas – A Ponte Preta aproveitou muito bem a sequência de jogos no Estádio Moisés Lucarelli para encostar no grupo que briga por uma vaga na Copa Libertadores. Na noite desta quarta-feira, o time campineiro chegou à segunda vitória seguida ao vencer o Atlético-PR, por 3 a 2, em confronto válido pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro.

Após vencer Chapecoense e Atlético-PR, a Ponte chegou aos 13 pontos e está na cola dos primeiros colocados. Enquanto isso, o time paranaense não conseguiu emplacar a segunda vitória seguida como visitante – bateu o São Paulo, por 2 a 1, na última rodada – e estacionou nos dez pontos.

O jogo começou muito movimentado e a Ponte abriu o placar logo aos dois minutos. A defesa atleticana afastou mal e a bola sobrou para o zagueiro Fábio Ferreira, que acertou um bonito chute de primeira no cantinho de Weverton. Aos 10, Walter cobrou falta e o também zagueiro Paulo André aproveitou pane geral do time campineiro para deixar tudo igual. Reinaldo quase colocou a Ponte novamente na frente em chute cruzado.

A etapa final começou morna, mas a Ponte precisou de sete minutos para voltar a ficar na frente e matar a partida. Aos 16 minutos, Roger fez o pivô e rolou para Reinaldo, que passou por dois marcadores e chutou no cantinho. Na sequência, Weverton trombou com o zagueiro Wanderson e soltou a bola nos pés de Jeferson, que completou de virada para o gol aberto. Walter ainda diminuiu para o Atlético com um bonito chute de fora da área, já nos acréscimos, aos 47 minutos.

A Ponte Preta volta a campo no próximo domingo, contra o Atlético-MG, às 11 horas, no Independência, em Belo Horizonte. No sábado, o Atlético-PR recebe o Santos, às 18 horas, na Arena da Baixada, em Curitiba. Os jogos são válidos pela nona rodada.

FICHA TÉCNICA:

PONTE PRETA 3 X 2 ATLÉTICO-PR

PONTE PRETA – João Carlos; Jeferson, Fábio Ferreira, Kadu e Reinaldo; João Vitor, Renê Júnior (Matheus Jesus) e Cristian (Thiago Galhardo); Felipe Azevedo, Roger e Clayson (William Pottker). Técnico: Eduardo Baptista.

ATLÉTICO-PR – Weverton; Léo, Paulo André, Wanderson e Sidcley; Deivid, Hernane e Nikão (Giovanny); Pablo (Evandro), Walter e André Lima (Vinícius). Técnico: Paulo Autuori.

GOLS – Fábio Ferreira, aos 2, e Paulo André, aos 10 minutos do primeiro tempo; Reinaldo, aos 16, Jeferson, aos 23, e Walter, aos 47 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Elmo Alves Resende Cunha (GO).

CARTÃO AMARELO – Pablo (Atlético-PR).

RENDA – R$ 44.930,00.

PÚBLICO – 3.090 pagantes.

LOCAL – Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).