Princesa defende vantagem para ir às oitavas

Manaus – Neste domingo, às 15h30 (de Manaus), o Princesa do Solimões encara o Palmas-TO buscando fazer história e confirmar vaga nas oitavas de final da Série D do Campeonato Brasileiro. O representante do Amazonas na competição nacional entra em campo com a vantagem de ter vencido o jogo de ida por 3 a 1. Assim, o Tubarão pode, avançar até com uma derrota mínima no Estádio Gilberto Mestrinho, o Gilbertão.

Vindo de cinco vitórias seguidas, o Princesa entra em campo com uma boa vantagem, porém, com alguns problemas no time titular. Na última partida, o lateral-direito João Rodrigo e o meia André Lima foram expulsos e terão que cumprir a suspensão automática. Em seus lugares, os escolhidos serão Getúlio e Adonias. Aliás, o volante Adonias foi o grande destaque durante os treinamentos realizados durante a semana. Além dos suspensos, o técnico Zé Marco ganhou um problema de última hora. Durante o treino realizado na tarde de sexta-feira, o atacante Jefferson sentiu o músculo posterior da coxa direita e virou dúvida para o confronto decisivo. O artilheiro do Princesa na competição realizará testes, antes da partida, para saber se terá condições de entrar em campo. Caso não possa atuar, será substituído por Leonardo, o ‘Índio Negro’. Assim, o Princesa deve entrar em campo com: Rascifran, Getúlio, Danilo, Deurick e Guilherme; Denis, Toró, Adonias, Michel Parintins e Gelvane; Jefferson (Leonardo).

Autor de um dos gols que garantiu a vitória na primeira partida do confronto, o volante Denis afirmou ser obrigação do Tubarão avançar para a próxima fase, devido à vantagem conquistada na partida em Tocantins.

“É uma partida decisiva para nós. Estamos encarando como mais uma final e sabemos que será um jogo muito difícil. A equipe do Palmas tem muita qualidade, mas estamos jogando em casa, diante da nossa torcida e com a vantagem de dois gols. Temos a obrigação de nos classificar para as oitavas”, analisou Denis, quando questionado sobre o diferencial do grupo de jogadores do Princesa, afirmou ser a união.

“Esse é um grupo muito unido, com muita qualidade técnica e muita disposição. Ano passado, eu estava no Nacional e lá tinha um grupo com excelentes jogadores, mas alguns eram mau caráter e invejosos. Isso nos levou ao fracasso. Tinha até alguns jogadores que ficavam no banco e torciam contra o Nacional. Esse ano, com a ajuda de Deus e se continuarmos unidos, tenho certeza que conseguiremos subir”, afirmou.

Recuperado de lesão

Para a partida, o técnico Zé Marco contará com a volta do atacante Edinho Canutama. O jogador, que foi titular em cinco das seis partidas disputadas na primeira fase da Série D, se machucou no período de preparação para o primeiro confronto contra o Palmas e nem viajou para Tocantins. Durante a última semana, Edinho voltou aos gramados e treinou normalmente. Assim, ele garantiu uma vaga entre os suplentes, no jogo deste domingo, e pode ser utilizado pelo treinador do Princesa.

A expectativa da diretoria do clube de Manacapuru é que a torcida lote o Gilbertão, pela primeira vez, no campeonato. O ingresso para a partida custa

R$ 10.