PSG busca façanha contra o Real Madrid

Apesar da derrota no jogo de ida por 3 a 1, os parisienses querem fazer história na Liga dos Campeões. Para isso, precisam passar pelos Merengues, maiores vencedores do torneio

Agência Estado / redacao@diarioam.com.br

Paris – Chegou a hora do Paris Saint-Germain (PSG) provar que tem capacidade para conquistar a Liga dos Campeões da Europa (Champions League). Para isso, os franceses precisam passar pelo Real Madrid, mesmo sua principal estrela, o craque Neymar. As equipes se enfrentam a partir das 15h45 (de Manaus), no Estádio Parque dos Príncipes, com o PSG em desvantagem, após perder o confronto de ida por 3 a 1, em Madrid (ESP). “Esta partida surge num momento muito importante para o clube. É um momento único, uma grande oportunidade para darmos um passo à frente para nossos torcedores, para a França e para aqueles que amam o futebol”, declarou o técnico do PSG, Unai Emery.

Nas últimas temporadas, o time parisiense tem investido para conquistar o título da Liga. Mas a realidade é bem mais dura no período em que o time está sob administração de um fundo de investimento do Catar, nunca tendo ido além das quartas de final. Além disso, sua única participação nas semifinais foi em 1995.

Esta temporada poderia ser a grande chance para o PSG passar a ser encarado como um dos ‘gigantes’ da Europa. Porém, primeiro terá que superar um grande obstáculo: o Real. Com três títulos da Liga dos Campeões nos últimos quatro anos, e 12 no total, o time espanhol é o que o clube parisiense sonha em se tornar algum dia.

Os brasileiros Daniel Alves e Thiago Silva devem começar jogando (Foto: C.Gavelle/PSG)

Primeira, a equipe dirigida por Emery deve se concentrar em reverter a vantagem do oponente e em fazê-lo sem Neymar, que sofreu fratura no quinto metatarso do pé direito em partida contra o Olympique de Marselha em 25 de fevereiro, pelo Campeonato Francês, foi operado e não deve mais jogar nesta temporada.

O PSG adquiriu Neymar por 222 milhões de euros junto ao Barcelona, na mais cara transação da história do futebol, e também acertou a chegada de Kylian Mbappé junto ao Monaco por 180 milhões de euros. Mas o jovem, de 19 anos, também pode ficar de fora do duelo por causa de um corte no tornozelo direito. Caso ele não atue, o trio ofensivo será formado por Julian Draxler, o artilheiro Edinson Cavani e o argentino Ángel Di María, que desde janeiro marcou 13 gols.

Até por isso, o técnico do Real, Zinedine Zidane, minimizou a ausência de Neymar. “É um jogador excepcional (Neymar), mas para a gente não muda nada, porque haverá outro atleta muito motivado, que buscará fazer uma grande partida. Em relação a motivação, não muda também porque haverá um rival muito competitivo e com grandes jogadores”, afirmou Zizou.

Agora, em casa, o PSG terá que lidar com Cristiano Ronaldo novamente em boa forma, na artilharia da Liga dos Campeões, com 11, e depois de chegar, no fim de semana, aos 300 gols no Campeonato Espanhol.

Já o outro confronto desta terça está praticamente definido. O Liverpool jogará em casa com o Porto após vencer por 5 a 0 no jogo de ida. Ainda assim, o técnico Jurgen Klopp afirmou que, em respeito ao adversário, não mexerá na equipe.