Quatro partidas marcam rodada de decisões no futebol amazonense

Estadual chega à última rodada cheio de emoção. Com jogos na capital e no interior, dois times brigam por uma vaga para as semifinais, enquanto três equipes tentam escapar das últimas colocações

Natasha Pinto / vencer@diarioam.com.br

Manaus – A última rodada da fase de grupos do primeiro turno do Campeonato Amazonense promete pegar fogo. Todas as quatro partidas da sétima rodada acontecem neste sábado (2), às 15h, para evitar uma combinação de resultados entre as equipes. Serão duas partidas na capital: no Estádio Ismael Benigno, a Colina, na zona oeste, o Manaus encara o líder Fast Clube. Já na zona leste, o Estádio Carlos Zamith recebe o clássico Rio x Nal. As outras duas partidas acontecerão na região metropolitana de Manaus. Em Manacapuru (município localizado a 89 quilômetros da capital), no Estádio Gilberto Mestrinho, o Princesa do Solimões recebe o Iranduba da Amazônia. E, em Itacoatiara (a 165 quilômetros da capital), o Penarol recebe o Sul America, no Estádio Floro de Mendonça.

Das quatro vagas para a semifinal, três já foram preenchidas ao longo da etapa classificatória. Uma delas é a do Tricolor do Boulevard, atual líder do Campeonato Amazonense com 13 pontos. O Tubarão de Manacapuru é o vice-líder, com 12 pontos, enquanto o Leão da Vila Municipal segue na terceira colocação, com 12 pontos, mas segue atrás da equipe manacapuruense por ter menos gols marcados —12 a 9 para o time do Interior. As três equipes entram em campo para lutar pelas duas primeiras posições, para que, na semifinal, possam contar com o ‘fator torcida’.

Em primeiro na classificação, líder Fast enfrenta o Manaus, hoje, na Colina (Foto: Eraldo Lopes/GDC)

Brigam, ainda, pela vaga entre os quatro semifinalistas, o Leão da Velha Serpa, quarto colocado com dez pontos, e o Gavião do Norte, quinto colocado, com oito precisa de uma vitória e torcer por um tropeço da equipe itacoatiarense para garantir uma vaga na próxima fase.

Degola

Já na parte de baixo da tabela, Rio Negro, Sul America e Iranduba da Amazônia buscam a vitória para tentar evitar aproximação com a Série B. A diferença entre o sexto colocado, o Galo da Praça da Saudade e o lanterna da competição, o Alviverde irandubense, é de apenas dois pontos. O Trem da Colina, sétimo colocado, tem a diferença de um ponto para os dois.

O Time da Barriga Preta é o único que depende do próprio resultado para não terminar o primeiro turno na zona de rebaixamento. Pela frente um duelo com o seu arquirrival Nacional. Nos números, os rionegrinos estão na vantagem, já que nos últimos cinco confrontos foram três vitórias do Galo, dois empates e somente uma derrota para o Leão da Vila Municipal.

Já o Sul America, precisa vencer o Penarol e torcer pelo triunfo do Nacional. Quem também precisar ‘azarar’ o Alvinegro Amazonense é o Iranduba, que, da mesma forma, precisa da vitória do Penarol para ter uma chance de sair da zona de rebaixamento, em caso de vitória sobre o Princesa do Solimões.