Rivalidade e ‘maraca’ motivam Vasco e Flamengo neste sábado

Com os times já garantidos nas finais do Carioca, clássico pela semifinal da Taça Rio não tem importância para o campeonato, mas chama atenção pela rivalidade e pela volta ao Maracanã

Estadão Conteúdo / portal@d24am.com

Foto: Paulo Fernandes/Divulgação Vasco e Gilvan de Souza/Divulgação Flamengo

Rio de Janeiro – Vasco e Flamengo têm no histórico de rivalidade o grande atrativo para a partida deste sábado (8), às 17h30 (de Manaus), no Estádio do Maracanã, no Rio. Isso porque o clássico válido pela semifinal da Taça Rio – como é chamado o segundo turno do Estadual – não terá qualquer importância para as semifinais do Campeonato Carioca, que já têm os quatro grandes do Rio classificados e os duelos definidos. Mas o jogo vale para as estatísticas históricas dos arquirrivais e ninguém pensa em perder.

Mesmo que esteja mais preocupado com o jogo diante do Atlético Paranaense pela Copa Libertadores, na próxima quarta-feira, o Flamengo enfrentará o Vasco com o que tiver de melhor à disposição. O técnico Zé Ricardo também irá aproveitar o jogo para testar uma nova formação na zaga, com o argentino Donatti entrando no lugar de Rafael Vaz, que tem recebido críticas de boa parte da torcida após falhar nos últimos jogos.

O treinador, contudo, saiu em defesa do seu zagueiro. “Ele passou por problemas pessoais e isso acabou influenciando. Todos nós, profissionais, passamos por momentos bons e ruins”, disse Zé Ricardo.

O ataque deverá ter Gabriel no lugar do colombiano Berrío, que está suspenso para a partida da próxima quarta-feira. “A gente está com todo mundo disponível, mas é lógico que a nossa ideia é que conforme vá chegando o jogo de quarta-feira, na Libertadores, todos estejam aptos (para atuar)”, completou o treinador flamenguista.

 

Engatinhando

No Vasco, o técnico Milton Mendes também descarta qualquer caráter amistoso da partida. “Vasco x Flamengo vale sempre muita coisa. É um jogo bom e todos nós queremos estar dentro do espetáculo”, disse. Ele reconhece, no entanto, que sua equipe ainda não está em seu melhor momento. “Ainda estamos engatinhando. Estou orgulhoso dos jogadores. Eles estão demonstrando uma vontade muito grande, comprometimento”.

O principal desfalque do time está no ataque, já que Luís Fabiano foi suspenso pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ) por quatro jogos e só cumpriu um até o momento.

A volta do clássico ao Maracanã, que não sedia um Vasco x Flamengo desde o fim de 2015, também é comemorada. “A gente sempre falou da felicidade de jogarmos no Maracanã. O estádio é da cultura e dá magia ao nosso Estado”, destacou Zé Ricardo.

Comentários via Facebook