Sem goleiro reserva, Fast estreia na Copinha com time renovado nesta quarta

Diogo Rocha / portal@d24am.com


Manaus – Sem goleiro reserva e com um time Sub-20 renovado, o Fast Clube estreia na 48ª Copa São Paulo de Futebol Júnior diante do anfitrião São Bernardo, pelo Grupo 21, nesta quarta-feira (04), às 16h (de Manaus), no Estádio Baetão, em São Bernardo do Campo. Além de contar apenas com Alex Guerra para o gol, o Tricolor precisa superar a inexperiência para tentar um avanço inédito à segunda fase.

Em 2016, na primeira experiência do Rolo Compressor na Copinha e também sob o comando do técnico Darlan Borges, o time chegou a vencer o Taboão da Serra-SP, por 2 a 1, na segunda rodada. Mas sofreu duas derrotas, por 2 a 1, para o Figueirense-SC, na abertura, e 1 a 0 diante do XV de Piracicaba-SP, que levaram a eliminação.

Da equipe do ano passado, o Fast tem apenas o meia-atacante Matheuzinho, de 19 anos, como remanescente, após a maioria dos jogadores ultrapassar a idade máxima permitida para a Copa São Paulo, que é de 20 anos. Dos 20 jogadores que o Tricolor levou para São Bernardo do Campo (SP), 19 são estreantes na Copinha.

Um dos ‘debutantes’, o goleiro Alex Guerra precisará evitar cartões para não desfalcar o time. “Um goleiro (Mateus), que era do Penarol, voltou para Itacoatiara (AM), e outro goleiro que tínhamos (Nauro) está servindo ao Exército e não conseguiu ser liberado para a Copinha. Mas estamos tranquilos”, garantiu o técnico Darlan Borges, que será obrigado a improvisar um jogador de linha no gol, caso Guerra vire desfalque.

O volante Matheus Bento, 19, jogou os Estaduais de base e profissional pelo clube. Ele reconheceu a inexperiência do grupo para a Copinha e afirmou que a estratégia será usar uma posição defensiva em campo para contra-atacar.

“É uma equipe muito nova e trabalhamos para passar da etapa inicial. Sabemos das dificuldades e que vamos encontrar times de expressão. Apesar de termos começado bem atrasados (a pré-temporada). temos evoluído bastante”, disse Bento.

Vindo do Pará, o atacante Victor Leonardo, 19, mora há um ano e meio em Manaus e estava no time do São Raimundo, no Estadual de Juniores. Reforço do Fast para a Copa, Victor espera impressionar a comissão técnica para se profissionalizar no clube. “É a minha primeira vez na Copa e sei que é difícil. Joguei contra o Trindade (GO), em um amistoso, no ano passado, e é um time forte. Mas durante os jogos, priorizaremos a marcação”, disse o atacante.

O time jogará no esquema tático 4-2-3-1, com a seguinte escalação: Alex Guerra; Velho, Roni, Fernando e Matheuzinho; Tiririca e Jereca; Vinícius, Matheus ‘Cavalinho’ e Vitinho Canutama; Max.

Na etapa inicial da Copinha, o Fast encara, depois do São Bernardo (SP), no Estádio Baetão, o Bahia, atual vice-campeão da Copa do Brasil Sub-20, na sexta-feira (6), e o Trindade (GO), no domingo.(8).