Uruguai confirma reunião com Argentina e Paraguai sobre sediar a Copa de 2030

A ideia de organizar Copa do Mundo de forma conjunta surgiu ainda em 2006

O presidente do Uruguai, Tabaré Vázquez, liderará a delegação do país que se reunirá nesta quarta-feira (4), em Buenos Aires, com representantes da Argentina e do Paraguai, para discutir uma candidatura conjunta para sediar a Copa do Mundo de 2030. A informação é da EFE.

A iniciativa tem como proposta celebrar o centenário da primeira edição do torneio, em que Uruguai e Argentina foram finalistas (Reprodução/Twitter)

Vázquez viajará com o chanceler do país, Rodolfo Nin Novoa, o secretário nacional de Esportes, Fernando Cáceres, e o subsecretário da mesma pasta, Alfredo Etchandy, divulgou nesta terça-feira (3) o Ministério de Relações Exteriores do Uruguai, por meio de comunicado.

No último domingo, o governo paraguaio divulgou que aconteceria a reunião em Buenos Aires, com a presença do presidente Horacio Cartes, de Tabaré Vázquez e do mandatário da Argentina, Mauricio Macri. O presidente da Fifa, Gianni Infantino, segundo as primeiras informações, também estaria presente.

A ideia de organizar Copa do Mundo de forma conjunta surgiu ainda em 2006, como forma de celebrar o centenário da primeira edição do torneio, em que Uruguai e Argentina foram finalistas. Em janeiro do ano passado, Vázquez e Macri ratificaram a intenção.

No fim de agosto, Horacio Cartes escreveu no Twitter que o Paraguai se juntaria aos países vizinhos, em uma candidatura conjunta. A iniciativa foi respaldada pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), que chegou a publicar um vídeo anunciando a adesão do país.

Oficialmente, até o momento, o governo do Uruguai trabalha apenas com a possibilidade de ter a Argentina como parceira, alegando que ainda não houve manifestação formal e oficial do desejo paraguaio.